Turismo de Negócios de BH

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Turismo de Negócios e Eventos - Belo Horizonte

BH GANHA APP QUE REÚNE VARIADOS PLAYERS

E-mail Imprimir PDF

Um aplicativo colaborativo que busca reunir em um só ambiente os variados players interessados no mercado de startups e empreendedorismo digital. O BH Capital da Inovação tem a missão de facilitar a interação entre empresas, investidores, profissionais e estudantes e, com isso, potencializar o setor na capital mineira.

O app funciona como uma central em que os envolvidos podem encontrar desde as empresas do setor que atuam na capital mineira até cursos, vagas de trabalho, entre outros. “Tudo isso está reunido em um só ambiente. O objetivo é impactar essa comunidade com diversos eventos e informações, buscando maior interação e parceria entre o setor”, afirma o criador do aplicativo e fundador do projeto BH Capital da Inovação, Gedeon Antunes. Ele acrescenta que o propósito da ferramenta é “colaborar com as novas startups em sua jornada empreendedora”.

Leia mais...
 

SEMANA INTERNACIONAL DO CAFÉ MOVIMENTARÁ CADEIA PRODUTIVA NA CAPITAL

E-mail Imprimir PDF

A taxa de expansão do consumo interno de café deve chegar a 2,9% no Brasil e, no mundo, deve ficar em 1,5% entre 2016 e 2017. Um cenário bastante promissor para novos empreendimentos. Por isso, as tendências do mercado e oportunidades de negócios serão debatidas por toda a cadeia produtiva do setor durante a quarta edição da Semana Internacional do Café (SIC 2016). O evento acontecerá a partir de amanhã, no Expominas, em Belo Horizonte, com término na próxima sexta­ feira, 23 de setembro.

O encontro envolve cafeicultores, torrefadores, classificadores, exportadores, compradores, fornecedores, empresários, baristas, proprietários de cafeterias e apreciadores. A estimativa é de que essa quarta edição do evento gere em torno de R$ 27 milhões em negócios, valor 8% superior ao registrado no ano passado. São esperados 14 mil visitantes e 165 marcas expositoras. Durante a SIC, ainda é realizada a maior feira do segmento, o 11º Espaço Café Brasil.

Leia mais...
 

DEPOIS DE VIRAR PATRIMÔNIO, PAMPULHA TERÁ ESPAÇO MULTIUSO DE R$ 300 MIHÕES

E-mail Imprimir PDF

Empresários anunciam empreendimento de 155 mil m² no Bairro Engenho Nogueira. Local, com hotel, abrigará eventos como feiras, shows e lançamentos de produtos.

O título de Patrimônio Cultural da Humanidade, conquistado pela Pampulha há pouco mais de um mês, abre as portas ao turismo internacional e atrai grandes empreendimentos para a região que abriga o conjunto moderno projetado, na década de 1940, por Oscar Niemeyer (1907-2012). Um dos mais importantes – e que promete ser um marco na cidade – é o Expo Park Pampulha, equipamento multiuso de 155 mil metros quadrados de área construída e que ocupará um terreno de 67 mil metros quadrados no Bairro Engenho Nogueira, em frente ao Parque Tecnológico de Belo Horizonte (BH-Tec). Feiras, eventos, centro de convenções, espaço para shows, salões para lançamentos de produtos e hotel farão parte do complexo projetado pelo arquiteto mineiro Bernardo Farkasvölgyi, com escritório em BH.

Segundo Farkasvölgyi, serão investidos cerca de R$ 300 milhões na obra. “O Expo Park Pampulha será um misto de entretenimento e negócios. Belo Horizonte tem uma política de internacionalização de negócios, mas não dispõe de espaço adequado para sediar feiras e outros eventos de grandes proporções. Por isso mesmo, muitos empresários chegam a se deslocar para outros estados e fazer seus eventos lá, bem distante de Minas, o que é um prejuízo para todos”, conta o arquiteto, que se associou a André Mafra e Wagner Avelar. Juntos, criaram a empresa Supernova Participações, responsável pela estruturação dos negócios.

A nova empresa vem apresentando o projeto a investidores brasileiros e tem, segundo os três diretores do grupo, encontrado boa acolhida. “Mostramos em São Paulo (SP) e o resultado foi muito positivo”, revela Farkasvölgyi. Com 17 mil metros quadrados de pavilhão de feiras, com possibilidade de realização de 12 eventos simultâneos, e a mesma área para salões (ballrooms), podendo sediar, por exemplo, lançamento de novos modelos automobilísticos, o empreendimento compreenderá ainda três auditórios com aproximadamente 700 lugares cada um, cinco espaços em torno de mil metros quadrados para eventos diversos, mall (centro de compras) com lojas variadas, além de um hotel com 717 quartos, nas categorias superior e média.

LAST_UPDATED2 Leia mais...
 

DEPOIS DE UBERLÂNDIA, CARAVANA TURÍSTICA BH SEGUE PARA JUIZ DE FORA

E-mail Imprimir PDF

Uberlândia foi a primeira parada da Caravana Turística ‘Belo Horizonte, cidade onde a cultura ganha vida’, no primeiro dia de setembro. Cerca de 60 participantes puderam estreitar relacionamento e abrir novos negócios com o projeto. O próximo destino é Juiz de Fora, que recebe o projeto no dia 13 de setembro, no Independência Trade Hotel.

Para a secretária Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Uberlândia, Marise Carrijo, a Caravana Turística tem o caráter de promover também a cidade anfitriã. “É uma via de mão-dupla. Recebemos informações muito importantes de Belo Horizonte, que certamente abriram portas para novos negócios com o nosso mercado. Mas, ao mesmo tempo, Uberlândia também foi promovida e pôde apresentar negócios e serviços. Essa aproximação da capital com o interior é essencial para o desenvolvimento de todo o estado”, comentou.

 

Fonte: Mercado & Eventos

 

CARAVANA PERCORRERÁ MINAS PARA DIVULGAR BH

E-mail Imprimir PDF

A iniciativa vai reunir entidades e empresas para atrair turistas mineiros para visitar e fazer negócios na cidade.

A Empresa Municipal de Turismo de Belo Horizonte (Belotur) apresentou, nessa quarta-feira (24), na Casa do Baile, na Pampulha, a caravana Belo Horizonte, Cidade onde a Cultura Ganha Vida, que irá percorrer cinco municípios mineiros para apresentar e promover a capital como destino turístico, tendo a Pampulha e a cultura da cidade como principais atrativos.

A iniciativa é uma parceria com o Belo Horizonte Visitors & Convention Bureau e a Secretaria de Estado de Turismo e vai reunir entidades e empresas para atrair turistas mineiros para visitar e fazer negócios em Belo Horizonte.

De acordo com o prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, há uma admiração muito grande pela capital em todo o Estado e, naturalmente, o título da Pampulha é uma âncora para fomentar o turismo.

“A cidade tem nichos específicos e interessantes que outra capital não possui. Nenhuma outra tem em seu entorno uma zona sul montanhosa como a de Belo Horizonte, apropriada para o ciclismo e o motociclismo, por exemplo. Esses nichos de mercado podem e devem ser explorados, impulsionando o turismo”, disse.

Cronograma

LAST_UPDATED2 Leia mais...
 


Página 1 de 77